movimiento.org | movimento.org

  • Blog Posts
  • Discusiones | Tópicos
  • Eventos (1)
  • Grupos (2)
  • Fotos
  • Álbumes de fotos | Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Los contactos de Kiran

  • Emílio Ribeiro
  • www.idanca.net
  • Flavia
  • Edigar Palmeira
  • Wenderson Godoy
  • ANA PAULA ABRAHAMIAN
  • Iris Macedo
  • Adriana Carneiro
  • Marcelo Sena
  • Valéria Vicente
  • Arnaldo Siqueira
  • marcelo evelin
  • Roberta Ramos
  • Red Sudamericana de Danza

Grupos de Kiran

 

Kiran

Últimas

Kiran se ha unido al grupo de www.idanca.net
Versión reducida | Versão reduzida

Publicações em dança

Grupo criado para reunir meios para a publicação de conteúdo sobre dança e autores que desejam divulgar seus textos | Grupo creado para reunir medios para la publicacion de contenidos sobre danza y autores que deseam divulgar sus textos
21 Jun 2010
Kiran se ha unido al grupo de Marcelo Sena
Versión reducida | Versão reduzida

Fórum Nacional de Dança

O Fórum Nacional de Dança (FND) é uma associação que tem por objetivo integrar as questões políticas que permeiam o universo da dança no Brasil hoje.
16 May | Mai 2009

Perfil

Sitio/website:
http://quanticbe.blogspot.com/
E-mail:
quanticmove@yahoo.com.br
Esta pagina representa:
Individuo, Un individuo
Si deseas representar a la organizacion, como se llama esta organizacion? | Se deseja representar uma organização, como ela se chama
http://www.quanticmove.blogspot.com/
Tipo de organizacion (puedes elegir mas de una) | Tipo de organização (pode escolher mais de uma):
Publicaciones digitales|Publicações digitais
Estilo de Danza (puedes elegir mas de una) | estilo de dança (pode escolher mais de uma):
Contemporaneo/ danza teatro | Contemporâneo\Dança-teatro, Contemporaneo/ danza teatro
¿Quieres además ser miembro de la Red Sudamericana de Danza y recibir información sobre sus actividades?
si
Como m(i)embro optas por recibir | receber noticias de
Red Sudamericana de Danza, idanca.net

Be - um experimento coreográfico para quatro corpos quânticos

A sincronicidade, a física quântica, a teoria do caos, a teoria M e mais algumas manifestações teóricas da ilimitada mente humana se encontram para dialogar com e através dos corpos e subjetividades destes quatro criadores/intérpretes neste experimento quântico/coreográfico.

Quatro são os elétrons girando em torno do núcleo do átomo de Berílio (Be4), ora onda, ora partícula. Quatro são as subjetividades que corporificam este experimento cinestésico. O núcleo cinesférico do experimento encontra-se em um 5º corpo (virtual) que simboliza o centro individual, o inconsciente coletivo, o lugar de onde todo movimento nasce, a vibração original, o OM.

Se algumas vezes somos ondas e em outras somos partículas, é definido por quem nos observa. A subjetividade do observador irá interferir no experimento. Não fomos, somos ou seremos uma coreografia, mas sim tantas quantas forem as subjetividades que nos observarem. Aqui dialogamos com a relatividade e a teoria M.

A Teoria-M é uma teoria que unifica as cinco diferentes Teorias das cordas. Essa teoria diz que tudo, matéria e campo, é formado por membranas, e que o universo flui através de 11 dimensões. Teríamos então 3 dimensões espaciais (altura, largura, comprimento), 1 temporal (tempo) e 7 dimensões recurvadas, sendo a estas atribuídas outras propriedades, como massa e carga elétrica.

Em nosso experimento, isso cria a possibilidade para que quatro corpos possam explorar e dialogar com a multimensionalidade através do movimento. A cada momento, estes saltos quânticos entre uma realidade e outra, entre um estado de ser e outro, se fazem manifestar através de nossos movimentos micro e macroscópicos. Estes criam sentido apenas quando colocados em um contexto, contexto este estabelecido pelo universo interno e particular de cada um que interage sensorialmente conosco. Para cada observador existe uma realidade completamente diferente e única baseada no seu conjunto de signos e significados, isto cria várias realidades tornando o experimento ao mesmo tempo individual, múltiplo e coletivo.

Tentamos também criar um diálogo entre a sincronicidade jungiana e a teoria do caos. Se um evento particular em algum lugar do espaço/tempo pode interferir no todo modificando as variáveis e assim os resultados, o que acontece quando estabelecemos quais variáveis modificar no momento do espetáculo? O mesmo evento inicial teria resultados diferentes? Quais?

No intuito de corporificar este diálogo criamos um evento inicial na forma de célula coreográfica e mudamos algumas variáveis (espaço, peso, relações ósseas, fluxo, volume, intenção etc.) no decorrer do processo, sempre conduzidos pela pergunta: como este movimento se realiza se mudo uma de suas variáveis, qual o resultado cinestésico para o intérprete/criador e qual o resultado estético/sensorial para o observador. Para intensificar esta sensação de múltiplas realidades a cada apresentação mudamos de direção do espetáculo e as variáveis são modificadas aleatoriamente.

Neste experimento coreográfico decidimos utilizar a forma escrita de expressão como atalho para a criação dos movimentos. São duas as vias de acesso ao poder criativo dos intérpretes, os Haikais, como forma de síntese, de canalização de sentidos por uma via que os estimule a organizar pensamentos e imagens, e a escrita automática, tão utilizada pelos surrealistas e psicanalistas como forma de acesso ao inconsciente e expansão do consciente. Por um lado tentamos a condensação de conceitos e idéias e por outro a expansão destes conceitos através de imagens inconscientes, ambas são traduzidas em movimentos através de improvisações dirigidas. O resultado destas improvisações é codificado em células de movimentos que servem de base para a coreografia.

Este experimento caminha rumo ao desconhecido universo infinito de possibilidades cinestésicas. O corpo material e imaterial dialogando intensamente com sua cinesfera a procura de uma fusão entre espaço interno e externo, entre o eu e o outro, entre o nós e vocês, assim como entre o “estar” e “ser” movimento.

Em março, todas as quartas e quintas as 20h no teatro Marco Camarotti (SESC de Santo Amaro).








Comentarios

Necesitas ser un miembro de movimiento.org | movimento.org para añadir comentarios! | É preciso ser membro de para incluir comentários

Participar en movimiento.org | movimento.org

  • ¡No hay comentarios todavía! | Sem comentários por enquanto!
 
 
 

IETM: International Network for Contemporary Performing Arts

Fotos

  • Incluir fotos
  • Ver todos

movimiento.org | movimento.org Insignia | Badge

Car(re)gando…

© 2014   Creado por Red Sudamericana de Danza.

Emblemas | Badges  |  Reportar problema  |  Términos de servicio